21 Setembro Dia Nacional de Luta das Pessoas Deficientes


    O Dia Nacional de Luta das Pessoas Deficientes foi instituído pelo movimento social em Encontro Nacional, em 1982, com todas as entidades nacionais. Foi escolhido o dia 21 de setembro pela proximidade com a primavera e o dia da árvore numa representação do nascimento de nossas reivindicações de cidadania e participação plena em igualdade de condições. Esta data é comemorada e lembrada todos os anos desde então em todos os estados; serve de momento para refletir e buscar novos caminhos em nossas lutas, e também como forma de divulgar nossas lutas por inclusão social. A legislação que institui o  Dia Nacional de Luta da Pessoa Portadora de Deficiência é a Lei nº 11.133, de 14 de julho de 2005.

Fonte: Ministério da Saúde

ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS OCUPACIONAIS CAUSAM DEFICIÊNCIAS

    Os acidentes de trabalho e as doenças profissionais atingem um número alarmante de pessoas no mundo inteiro, podendo causar deficiências permanentes. Segundo a Organização Internacional do Trabalho-OIT, a cada minuto ocorrem 476 acidentes de trabalho no mundo, deixando um saldo de vítimas superior à soma das baixas de todas as guerras do planeta. As perdas econômicas associadas a doenças e acidentes do trabalho beiram 4% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

    No Brasil, a realidade do trabalho é trágica: um acidente a cada dois minutos e uma morte a cada duas horas. Segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, A média é de 400 mil acidentes por ano no país. Devido à falta de normas de segurança prevenção e proteção, um estudo feito pelo sociólogo José Pastore aponta que o Brasil tem um gasto extra de R$ 20 bilhões por ano com os acidentes de trabalho e as suas conseqüências. E somente os acidentes de pessoas com carteira assinada são notificados. As estatísticas não incluem os trabalhadores rurais, os domésticos e os demais do setor informal.

Fonte: Previdência Social

« Voltar